Caçadores dos álbuns desconhecidos: Kelly Chen


Atualmente, se alguém nos indica alguma banda, cantor ou cantora, prontamente digitamos o nome no youtube ou spotify e similares para conhecer mais do trabalho e conferir se realmente gostaremos dessa indicação. Atualmente tudo parece realmente fácil, entretanto, na época da internet pré-youtube as coisas não eram tão fáceis assim.

EM DETERMINADO PONTO

Dos anos 2000, depois do acesso à internet começar a ficar mais acessível para a população, quando a internet ADSL começou a conquistar o seu espaço e a internet discada começou a ficar obsoleta pra nós e programas de compartilhamento de arquivos como Kazaa, iMesh e similares estavam perdendo a força, surgiu algo que se tornou muito popular durante um bom tempo...

Uma das interfaces do iMesh

COM O BOOM DOS BLOGS

E as inúmeras possibilidades e diversidade desses conteúdos, os blogs de download de álbuns de músicas começaram a se popularizar e era praticamente impossível você procurar por música no google sem cair em um desses blogs. Muitos que lêem esse texto, provavelmente deve se lembrar de algum blog que acessava com frequência para baixar alguns de seus álbuns favoritos.

Isso sem falar nas comunidades do orkut de discografias na época que o rapidshare, um dos primeiros e mais populares provedores de hospedagem de arquivos reinava absoluto. Devo ter encontrado algumas raridades e links do rapidshare nessa época!

Logo do Rapidshare

AGORA QUE NOS SITUAMOS UM POUCO...

Eu sempre gostei de descobrir novas coisas "velhas" e algumas coisas novas também. Explico: a internet nos proporcionou algo que nossa geração jamais imaginou. Tudo estava ao nosso alcance, em uma rápida pesquisa, poderíamos baixar e escutar aquela música que havíamos gravado em uma K7 do rádio tempos atrás, ou mesmo, sanar a curiosidade de escutar álbuns daquela banda que só tínhamos uma coletânea em CD, ou mesmo, procurar as bandas que eram citadas como influentes mas não tínhamos acesso.

Foi em algum momento nesse ponto, que por alguma razão, eu comecei a procurar por bandas estrangeiras, mas não aquelas bandas gringas que cantavam em inglês. Não! Eu queria conhecer bandas que cantassem nas suas línguas nativas, ou mesmo conhecer as músicas folclóricas e/ou populares. Agora eu poderia fazer isso com certa facilidade. Por que não?

O álbum triplo da Kelly Chen, satisfação na descoberta

NÃO LEMBRO O EXATO MOMENTO

Sei que conheci ótimas bandas populares em seus países, não irei citá-las aqui pois eu acredito que voltarei a escrever sobre isso aqui no blog, mas voltando para o texto...
Certa vez, na minhas pesquisas, eu encontrei um blog peculiar, era todo em chinês ou japonês, não sei, era um blog com escritas asiáticas com certeza. E nesse blog havia uma infinidade de cantoras pop asiáticas, muitos links já estavam offline, mas ainda tinha bastante material ali.

Ainda devo ter esses materiais nos meus arquivos, mas a questão é que lembro agora. Por algum motivo, eu estava procurando por um álbum da Aya Ueto, uma cantora japonesa, e cai nesse blog, e navegando nele, encontrei um álbum triplo de uma cantora pop chinesa, seu nome: Kelly Chen.

Provavelmente, material de divulgação do álbum. Não entendo chinês... rsrs

Um álbum com lindas melodias, músicas românticas e uma língua que ao ouvir pela primeira vez, estranhava um pouco, mas isso logo passou e passei a gostar muito do som dessa cantora. O mais engraçado, é que recentemente, eu estava escutando uma outra coletânea dela no spotify, e minha esposa escutou a música e disse lá da sala: - Que deu em você que está escutando música da Mulan?

E surgiu mais uma descoberta, nas músicas da animação Mulan, a Kelly Chen cantou a versão em cantonês da música Reflection. Foram lançadas três versões dessa música pela Kelly e você pode conferir uma delas no vídeo abaixo.



Espero que tenham gostado desse texto, não esqueçam de compartilhar ele em suas mídias e até o próximo. Um grande abraço!

Red Hawk

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conhecendo uma lenda do Rock’n’Roll